terça-feira, 10 de março de 2009

Acontece aos melhores...


Fat Duck foi um dos melhores restaurantes onde alguma vez comi e, seguramente, aquele onde a comida mais desafiou os meus sentidos. Blumenthal é o mais radical dos três mosqueteiros da denominada cozinha molecular (os outros dois são Adria e Gagnaire e o "nosso" Luís Baena é o D'Artagnan em Portugal!). Na verdade, a ciência é para estes chefes apenas um instrumento ao serviço de uma particular filosofia gastronómica: trata-se de encarar o acto de comer como uma experiência de reconstrução dos sentidos em que o cérebro tem um papel tão importante como o palato. Seja como for, estando a ciência tão identificada com esta abordagem será interessante ver quais as consequências do recente desastre do Fat Duck (vide aqui). Aparentemente, mais de 400 pessoas ao longo de um mês ficaram doentes depois de comerem no mais famoso três estrelas do Reino Unido e o restaurante está, neste momento, fechado. Ainda não há explicação para o que se terá passado.

2 comentários:

JLP disse...

parece que reabriu sexta-feira...

Miguel Poiares Maduro disse...

Indeed...
E sabem a razão dos problemas? vários empregados infectados com um vírus. O problema é que eles foram trabalhar mesmo estando doentes o que está a provocar uma debate no RU (e críticas ao Fat Duck). Trata-se, aparentemente, de uma prática comum na restauração britânica mas com riscos elevados para a saúde pública. A verdade é que, ocorreu-me, que no Reino Unido isto pode acontecer mesmo se o restaurante cumprir a legislação laborar que exige o pagamento em caso de doença. No sistema britânico e americano a remuneração depende, em boa parte, no caso dos empregados de mesa por ex., do serviço (os 15 ou 20% que são adicionados - obrigatoria ou à nossa discrição - à conta). Ora, isto cria um grande incentivo a que os empregados venham trabalhar mesmo estando doentes e até que possivelmente escondam esse facto ao proprietário. Acho que esta é uma questão interessante a ponderar.
Será interessante ver que medidas, se alguma, irá Heston Blumenthal tomar.
abraço a todos,
Miguel